_Destaque

IATA e ASF se unem para desenvolver programa padrão de auditoria de composição de resíduos de cabine

A Associação do Transporte Aéreo Internacional (IATA) está colaborando com o Fórum de Sustentabilidade da Aviação (ASF) para lançar uma Auditoria de Composição de Resíduos de Cabine (CWCA) padronizada, com a Plataforma de Auditoria de Composição de Resíduos de Cabine da ASF, a ser lançada em setembro de 2024.

As auditorias da CWCA já foram testadas em duas fases, abrangendo 25 voos (de curta, média e longa distância) no Aeroporto de Changi, em Cingapura, em novembro de 2023 e abril de 2024. A ASF conduziu as auditorias com base em uma metodologia desenvolvida pela IATA. Resultados preliminares indicam que o setor está gerando mais de 3,6 milhões de toneladas métricas de resíduos de cabine e catering anualmente, sendo que 65% são resíduos de alimentos e bebidas. As refeições intocadas representam 18% de todos os resíduos.

Os dados da auditoria orientarão o setor aéreo e os formuladores de políticas em seus esforços para reduzir os níveis de resíduos produzidos e melhorar a circularidade, identificando oportunidades de reutilização e reciclagem. Uma pesquisa anterior da IATA identificou a falta de uma metodologia padronizada com relação à realização de auditorias de resíduos de cabine e, como resultado, não há dados harmonizados disponíveis para embasar a tomada de decisões por parte de formuladores de políticas, companhias aéreas e fornecedores de refeições com relação a questões relacionadas a resíduos. Uma auditoria padronizada ajudará a resolver esses problemas e permitirá que o setor demonstre o progresso em direção à redução de resíduos e à melhoria da circularidade.

“Gerenciar e reduzir o desperdício é um componente importante da sustentabilidade geral da aviação. A obtenção de dados padronizados e comparáveis sobre a composição e a quantidade de resíduos dos voos ajudará o setor a reduzir os resíduos que gera. Dados melhores também ajudarão os formuladores de políticas a harmonizarem as regulamentações, o que, por sua vez, pode ajudar a otimizar a capacidade do setor de classificar, reciclar e reutilizar com segurança os resíduos que não podem ser evitados. Trabalhar com a ASF no desenvolvimento desse programa de auditoria é um passo significativo para melhorar a circularidade do setor”, disse Marie Owens Thomsen, vice-presidente sênior de sustentabilidade e economista-chefe da IATA.

“A missão da ASF é ajudar o setor de aviação a reduzir os níveis de resíduos de cabine gerados e alcançar índices mais altos de recuperação e circularidade de resíduos. Trabalhar com a IATA para desenvolver um padrão de auditoria de composição de resíduos de cabine para o setor é um avanço significativo. O gerenciamento eficaz dos resíduos de cabine é um desafio que pode ser resolvido com o apoio de dados. É responsabilidade do setor e de seus reguladores se unirem, entenderem o problema e se alinharem às soluções necessárias”, disse Matt Crane, fundador da ASF.

Mais Lidas

Todos os direitos reservados a MP&F CONSULTORIA E ASSESSORIA NEGÓCIOS, MARKETING E TURISMO

SEDE BRASÍLIA – DF

MP&F CONSULTORIA E ASS EM NEG TURISMO EMARKETING – VOENEWS – Notícias do Turismo
QNN 7 Conjunto “L” – Lote 47 – Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: – Celulares: (61) 99837-2213 – E-mail: contato@voenews.com.br

CNPJ: 24.060.077/0001-15

SUCURSAL RIO DE JANEIRO

EVENTOS.HOTEL LTDA

Rua XV de Novembro, 49 – Sala 04 – Parte – Centro

Rio de Janeiro – RJ – CEP: 28.800-000

(21) 96713-1150

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo