AEROPORTOS

GRU Cargo movimentou 20,9 mil toneladas de cargas em janeiro de 2024

TECA GRU encerra janeiro com market share de 49% do total de carga aérea formal internacional do Brasil

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, registrou a movimentação de 20,9 mil toneladas de cargas em janeiro de 2024. Desse total, 9,1 mil toneladas representam itens importados, sendo 151 toneladas de cargas processadas por meio dos armazéns de remessas expressas internacionais (courier). A exportação totalizou 11,8 mil toneladas movimentadas, sendo 88 toneladas também processadas nos mesmos armazéns de remessas expressas internacionais. Estes valores NÃO incluem a volumetria da operação dos Correios, a qual é quase na sua totalidade processada através de GRU AIRPORT. A carga doméstica, operada nos armazéns terceiros, também não está aqui contabilizada.

Market share

Em janeiro de 2024, o TECA GRU foi responsável por 35% de toda importação através do modal aéreo, enquanto as exportações totalizaram 63% da movimentação nacional, consolidando o aeroporto como principal terminal logístico em termos de movimentação de carga internacional no Brasil com 49% do mercado.

Entre os produtos mais transportados em janeiro estão itens do segmento automotivo com 23%, farmacêutico com 17%, maquinário com 15% e eletrônico com 12% do market share das cargas nacionalizadas processadas no Terminal de Cargas. Cabe destacar ainda o segmento de remessas expressas que se beneficia da extensa malha aérea de GRU e de operações dedicadas para aumentar a velocidade de entrega.

Malha aérea

O Aeroporto de Guarulhos é reconhecido como um dos principais centros de conexão aérea na América Latina. Em janeiro, o terminal registrou a presença de 37 companhias aéreas, sendo que 35 operaram regularmente, enquanto duas destinadas à movimentação de carga realizaram apenas operações charter (Silkway e Modernair). Das 35 companhias aéreas que operaram regularmente em GRU em janeiro, 29 realizaram exclusivamente voos internacionais, e sete movimentaram carga por meio de aeronaves cargueiras. Adicionalmente, seis companhias atendem ao mercado doméstico, com duas delas focadas exclusivamente no transporte de carga (Total e Sideral), uma dedicada ao transporte de passageiros doméstico (Passaredo) e três que operam tanto no mercado doméstico quanto no internacional (LATAM, Gol e Azul).

O TECA GRU é o maior complexo aeroportuário do país, localizado em uma área de aproximadamente 100 mil m² alfandegados e que abriga o maior complexo frigorífico em aeroportos do Brasil, com cerca de 33.000 mil m³ de capacidade de armazenamento de importação e exportação. As 24 câmaras frias alcançam todos os ranges de temperatura e atendem todos os tipos de produtos. Além disso, o espaço conta com 440 posições para contêineres refrigerados na importação.

Sobre GRU Airport

O GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo, uma empresa do consórcio formado pela Invepar (Investimentos e Participações em Infraestrutura S.A.) e ACSA(Airports Company South África), é o maior complexo aeroportuário da América do Sul e também a principal porta de entrada e saída de cargas do Brasil.

Mais Lidas

Todos os direitos reservados a MP&F CONSULTORIA E ASSESSORIA NEGÓCIOS, MARKETING E TURISMO

SEDE BRASÍLIA – DF

MP&F CONSULTORIA E ASS EM NEG TURISMO EMARKETING – VOENEWS – Notícias do Turismo
QNN 7 Conjunto “L” – Lote 47 – Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: – Celulares: (61) 99837-2213 – E-mail: contato@voenews.com.br

CNPJ: 24.060.077/0001-15

SUCURSAL RIO DE JANEIRO

EVENTOS.HOTEL LTDA

Rua XV de Novembro, 49 – Sala 04 – Parte – Centro

Rio de Janeiro – RJ – CEP: 28.800-000

(21) 96713-1150

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo