GOVERNO

MTur e Embratur se reúnem com grupo turístico da Itália para impulsionar o aumento da conectividade entre os dois países

Em 2023, cerca de 96,1 mil visitantes italianos estiveram no Brasil, movimentado a economia nacional

O ministro do Turismo, Celso Sabino e o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, se reuniram na manhã desta terça-feira (12.12), em Brasília (DF), com representantes do grupo turístico italiano Alpitour para tratar da expansão da conectividade aérea entre o Brasil e o país europeu. Só em 2023, cerca de 96,1 mil turistas vindos da Itália estiveram em solo nacional.

Para incentivar o investimento do mercado europeu no Brasil, Sabino apresentou a potencialidade dos atrativos nacionais, em especial os destinos de sol e praia, que reúne paisagens paradisíacas. “Eu estou oferecendo a parceria do Governo Federal para criar todo o ambiente favorável em relação aos aspectos tributários e em relação aos aspectos de infraestrutura”, enfatizou Sabino.

 

O Ministério do Turismo tem atuado em grandes feiras e eventos internacionais para melhorar a imagem brasileira e impulsionar a vinda de mais visitantes estrangeiros ao país. Também tem trabalhado internamente em ações que visam a melhoria da infraestrutura, segurança, qualificação e desburocratização da atividade turística, para atrair cada vez mais turistas de fora.

A Alpitour é o maior grupo turístico da Itália, presente em mais de 40 países, com diferentes seguimentos, incluindo a linha aérea Neos Airlines. “Estamos aqui para analisar as diferentes oportunidades comerciais para unir este projeto. A conectividade é muito importante para nós, para também influir na indústria tanto nas oportunidades de hotéis, nas oportunidades de produtos que possam ser vendidos na Europa”, disse o Gine Martines, vice-Presidente de Alianças Globais da Alpitour World.

Inicialmente, o interesse do grupo era nos destinos do Rio de Janeiro e Ceará, mas, na reunião, que contou com a presença da Secretária de Turismo de Alagoas, Bárbara Braga, os italianos já demonstraram ampliar as possibilidades para o território alagoano.

“O italiano sempre busca novos destinos. É um turista que gosta de cultura, de gastronomia, de aventura, de segurança, então eu quero destacar que Maceió pode sim, ter dentro de nosso grupo, um produto destacado para o mercado italiano”, concluiu o diretor de Relações Institucionais do JTG Group, Lisandro Menu-Marques.

GASTOS DOS ESTRANGEIROS NO PAÍS – Segundo levantamento do Banco Central, de janeiro a outubro os turistas estrangeiros injetaram na economia nacional R$ 27,8 bi, superando os R$ 24,4 bi de 2019, período pré-pandemia. Apenas no mês dez do calendário foram US$ 650 milhões, o que corresponde a R$ 3,19 bilhões, se consolidando o melhor outubro para o setor nos últimos 10 anos. Em comparação com o mesmo período de 2022, o aumento foi de 57,2%.

Mais Lidas

Todos os direitos reservados a MP&F CONSULTORIA E ASSESSORIA NEGÓCIOS, MARKETING E TURISMO

SEDE BRASÍLIA – DF

MP&F CONSULTORIA E ASS EM NEG TURISMO EMARKETING – VOENEWS – Notícias do Turismo
QNN 7 Conjunto “L” – Lote 47 – Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: – Celulares: (61) 99837-2213 – E-mail: contato@voenews.com.br

CNPJ: 24.060.077/0001-15

SUCURSAL RIO DE JANEIRO

EVENTOS.HOTEL LTDA

Rua XV de Novembro, 49 – Sala 04 – Parte – Centro

Rio de Janeiro – RJ – CEP: 28.800-000

(21) 96713-1150

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo