Hotéis

Hotéis de Joinville obtêm selo de qualidade “Bem Receber” para os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs)

Evento vai mobilizar 98% da rede hoteleira da cidade e injetar R$ 5 milhões em hospedagem para 5 mil atletas de todo o Brasil

De 8 a 21 de outubro, a cidade de Joinville (SC) sedia a 70ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

A competição é um dos maiores eventos esportivos universitários da América Latina e, neste ano, terá a participação de aproximadamente 5 mil atletas, vindos de todas as regiões do Brasil.

Para receber esse público, 22 hotéis de Joinville, contratados pela CBDU, participaram de intensivos do programa “Bem Receber”, que tem o objetivo de qualificar a rede hoteleira.

Após o processo de preparação, os hotéis receberam o selo de qualidade do programa. A entrega simbólica do selo foi feita no sábado (7/10), pelo presidente da CBDU, Luciano Cabral, no Bourbon Joinville Convention Hotel.

De acordo com o presidente, a hospedagem dos atletas é um dos pontos de grande relevância na organização dos JUBs, já que impacta diretamente na experiência dos jovens, tanto durante como depois do evento, além de impulsionar a economia da cidade.

“O JUBs é um evento esportivo que mobiliza grande de jovens, isso tem impacto muito grande para esses jovens que são profissionais em formação. E é uma forma de gerar experiências para esses jovens, fazer uso desses equipamentos de hotelaria, viver esses dias com seus amigos em hotéis que são previamente preparados pela CBDU por meio do programa Bem Receber. Existe uma troca também entre o departamento de hospedagem e logística da CBDU e os hotéis da cidade. Então, é muito favorável para todos os envolvidos, para quem organiza, para quem participa e para quem recebe”, avalia Luciano Cabral.

Para receber os atletas dos JUBs de acordo com o padrão da CBDU, o Bourbon Joinville Convention Hotel fez adaptações em seus serviços. Entre elas, estão o alinhamento das equipes de recepção, camareiras e cozinha, que estarão preparadas para divulgar os atrativos da cidade entre os hóspedes; ajustes no café da manhã com a inclusão de itens típicos das delegações que estarão hospedadas no hotel; disponibilização de salas de trabalho para as equipes da organização; possiblidades de check-in antecipado e check-out tardio de acordo com questões de aeroportos e deslocamentos dos atletas; mimos nos apartamentos; entre outros.

De acordo com a gerente do Bourbon Joinville Convention Hotel, Ana Luísa Michels, durante o período de realização dos JUBS, o hotel terá sua taxa de ocupação próxima de 100%, sendo os participantes do evento a maioria dos hóspedes.

“Para um evento, é a maior representatividade que o hotel já teve. Temos esse perfil de atender eventos e receber grandes grupos, mas durante um período tão prolongado como os JUBS, trabalhando de forma linear, é a maior ocupação que já tivemos de um mesmo evento, perto de 60%”, afirma Ana Luísa.

Para a gerente, além do impacto econômico garantido pelo JUBs, o selo do programa Bem Receber deixa um legado para o hotel: “Só vem engrandecer a questão da equipe. São detalhes importantes que a gente pode manter, fazendo valer o selo e toda a estrutura do Bem Receber. Para o hotel e para a cidade é muito positivo”.

Qualificação premiada

Na capacitação que antecede os JUBs, os hotéis contratados pela CBDU recebem orientações sobre os 20 critérios analisados pelo programa Bem Receber, que contemplam uma série de boas práticas em quesitos como atendimento, ambientação e hospitalidade.

Durante o evento, a equipe da CBDU faz visitas diárias aos hotéis para verificar o desempenho de serviços como check in, café da manhã, atendimento dos colaborares, caracterização do local, estrutura das áreas de convivência e utilização desses espaços pelos atletas, divulgação de informações sobre os atrativos e a cultura da cidade.

Ao final do evento, o hotel que cumprir todos ou o maior número de critérios previstos pelo programa Bem Receber, recebe o prêmio de Hotel Referência.

De acordo com Isabella Oliveira, coordenadora de Hospedagem e do programa Bem Receber da CBDU, a entidade prioriza que o atleta do JUBs tenha acolhimento de excelência, com os mesmos padrões de eventos realizados por entidades como a CBF, FIFA ou de etapas internacionais como as da Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU).

“Queremos que os atletas do JUBS sintam-se como profissionais, como realmente são. Por isso, o acolhimento é indispensável. Queremos que ele se alimente bem, tanto no quesito nutrição como na variedade, que ele conheça a cidade e a cultura local, pra nós é fundamental que ele tenha a troca”, afirma Isabella.

Para ela, a excelência da hospedagem oferecida ao atleta vai se refletir em seu desempenho: “Quem vai embora com experiência desse nível, vai se inspirar em treinar bastante durante o ano, ganhar as competições estaduais para estar de novo na nacional e sonhar com a internacional. O JUBs leva atletas para as Olimpíadas e para o FISU América, porque eles têm esse acolhimento aqui”.

Já a secretária de Esportes de Joinville, Caroline Rodrigues, reiterou a importância do JUBs e do programa Bem Receber para o setor de esportes da cidade: “Desde que o evento foi confirmado, a Prefeitura de Joinville e o trade turístico vêm preparando a hotelaria. Com o programa Bem Receber foi realizado um treinamento maravilhoso. Pela primeira vez os hotéis receberam um treinamento dessa magnitude, especialmente para o segmento esportivo. Receber essa certificação é muito importante para os hotéis e esperamos que também seja muito bacana para os atletas que estão chegando”.
Economia impulsionada

Com a participação de aproximadamente 5 mil atletas, vindos das 27 Unidades Federativas do Brasil, e a contratação de cerca de 40 mil diárias, o investimento da CBDU em hospedagem para o JUBs Joinville gira em torno de R$ 5 milhões. O evento ocupa cerca de 98% do parque hoteleiro da cidade, com 22 hotéis contratados.

Além disso, mesmo sem o custo direto de alimentação e hospedagem, a expectativa de consumo médio por atleta é de R$ 500, considerada a maior taxa de consumo nacional para eventos científicos, de acordo com a CBDU.

“O JUBs possui carga turística extensa no período de 15 dias, o que causa impacto positivo para a cidade. Além disso, os atletas são um público jovem, com poder de consumo e diferente do perfil de público que Joinville está acostumada a receber. E esse público vai consumir todos os serviços, desde transporte em carros de aplicativos, balada, farmácia, mercado. É um novo dinheiro que vai circular na cidade e com padrão de consumo diferente”, analisa o gerente de logística da CBDU, Paulo Souza.

Os JUBs Joinville são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Ministério do Esporte, Federação Catarinense de Desporto Universitário (FCDU) e Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Esportes e apoio das demais Secretarias municipais.

Mais Lidas

Todos os direitos reservados a MP&F CONSULTORIA E ASSESSORIA NEGÓCIOS, MARKETING E TURISMO

SEDE BRASÍLIA – DF

MP&F CONSULTORIA E ASS EM NEG TURISMO EMARKETING – VOENEWS – Notícias do Turismo
QNN 7 Conjunto “L” – Lote 47 – Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: – Celulares: (61) 99837-2213 – E-mail: contato@voenews.com.br

CNPJ: 24.060.077/0001-15

SUCURSAL RIO DE JANEIRO

EVENTOS.HOTEL LTDA

Rua XV de Novembro, 49 – Sala 04 – Parte – Centro

Rio de Janeiro – RJ – CEP: 28.800-000

(21) 96713-1150

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo