GOVERNO

Ministro do Turismo debate a recuperação do setor em live com senador Roberto Rocha

Durante live transmitida nas redes sociais o ministro destacou as ações e investimentos da Pasta para fortalecer o turismo

setor de turismo e eventos e a sua recuperação no cenário pós-pandemia foram tema de uma live realizada na última terça-feira (13.04) com a participação do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, do presidente da Embratur, Carlos Brito, e do senador Roberto Rocha (MA). Na ocasião, o ministro pontuou as ações já adotadas pela Pasta para reduzir os efeitos da pandemia no setor. “Temos feito o que podemos para manter os empregos e garantir a proteção dos turistas”, destacou.

Entre as ações estão a articulação para a edição da Medida Provisória 936, que permitiu a flexibilização de salários e jornadas de trabalho; a MP 948, que regulamentou as relações de consumo no segmento, e a MP 963, que garantiu R$ 5 bilhões à concessão de empréstimos por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), entre outras providências.

Anfitrião da live, o senador Roberto Rocha afirmou ter acompanhado e votado a favor destas medidas no Congresso Nacional. “O governo federal tem dado todo o apoio necessário às pessoas físicas e jurídicas nesta pandemia. Temos que ao mesmo tempo cuidar da vida das pessoas e das empresas que têm pessoas trabalhando que dependem da renda para sobreviver. Então, é um duplo desafio: saúde e economia. Estamos trabalhando em conjunto as duas questões”, pontuou o senador. A live foi retransmitida por 24 rádios e 16 emissoras de TV.

Em relação as medidas de apoio e proteção do setor lançadas pelo Ministério do Turismo estão ainda o Selo Turismo Responsável, que ajuda a mitigar os impactos da pandemia e preparar o setor para a retomada segura, por meio da utilização de protocolos sanitários para o setor. “Fomos pioneiros na elaboração deste selo na América Latina e, inclusive, recebemos moção de aplauso da Organização Mundial do turismo. Nós conseguimos estar entre os 10 primeiros países que tomaram essa iniciativa para trazer de volta a confiança na recuperação do turismo no período pós-pandemia”, disse.

Gilson Machado Neto citou ainda ações realizadas em apoio ao turismo no estado do Maranhão, como o empenho de R$ 47 milhões nos últimos anos para a melhoria da infraestrutura turística no estado. “Realizamos importantes obras como, por exemplo, a construção de terminal rodoviário, teatros e restauração de construções históricas e as obras do aeroporto de Barreirinhas e do Centro de Convenções na cidade”, enumerou.

Também presente na transmissão, o presidente da Embratur, Carlos Brito, explicou a atuação da instituição na promoção do país que, diante da pandemia de Covid-19, passou a atuar exclusivamente no mercado interno. “A partir de julho voltaremos a exercer a nossa atividade fim, que é de fazer a promoção do Brasil no exterior. Queremos fortalecer cada destino com ações promocionais que a Embratur vai desenvolver, com apoio do Ministério do Turismo. Queremos fazer com que o Brasil passe dos 6 milhões de turistas estrangeiros que recebe anualmente, fortalecendo cada vez mais a vinda de turistas estrangeiros e, também, a circulação de brasileiros que aprenderam a conhecer os destinos incríveis do nosso país”, finalizou.

Por Amanda Costa

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo