_Destaque

Rotina dos bombeiros pintada em aquarela

Exposição idealizada pela corporação fica em cartaz até 16 de abril, no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Casa de Chá, espaço cedido pela Setur-DF

Quem passar pelo Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Casa de Chá terá a chance de conhecer um pouco mais sobre o cotidiano heróico de bombeiros militares do Distrito Federal. A abertura da mostra “CBMDF: Ação e Arte” foi realizada, na segunda-feira (5/4), e contou com a presença da secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), coronel Willian Augusto Ferreira Bomfim. O acervo reúne 50 telas em aquarela assinadas pela artista plástica Luiza Aguirre e fica em exibição, das 9h às 18h, com entrada gratuita.

A temporada da “CBMDF: Ação e Arte” integra programação especial para todo o mês de abril, organizada pela Setur-DF, aos 61 anos de Brasília e a todos moradores e visitantes da capital federal. “Cada uma dessas obras retrata exemplos de superação e de coragem que a nossa população precisa conhecer. Os bombeiros estão sempre na linha de frente, de forma incansável e obstinada. E especialmente neste momento em que precisamos tanto de esperança, é uma honra para a Setur-DF acolher uma mostra que fala de solidariedade e resgata momentos inspiradores de amor ao próximo e cuidado com a vida”, ressalta a secretária Vanessa Mendonça.

A Casa de Chá, localizada na Praça dos Três Poderes, foi cedida pela Setur-DF ao CBMDF para ser morada provisória do projeto, que tornou-se vitrine da missão vivida pelos bombeiros e já foi divulgado aos comandos regionais de todos os estados.  “É uma honra ver o trabalho da nossa corporação em um local tão simbólico para a capital do país. A exposição apresenta ao público aquarelas figurativas nas quais evidencia a luta diária dos bombeiros e bombeiras que atuam no CBMDF. A artista conseguiu representá-la com beleza e poesia”, avalia o coronel Willian Augusto Ferreira Bomfim.

 

 

As 50 obras, produzidas entre 2019 e 2020, foram cedidas por Luiza Aguirre ao acervo da força de segurança. Médica de formação há 40 anos, a artista plástica participou da abertura oficial e agradeceu a oportunidade de transformar vivências tão nobres em arte. “Eu me apaixonei pelo projeto desde sua concepção. E, ao pintar realidades de bravura e de amor ao próximo, consegui entender a dimensão presente nesse tipo de trabalho. Espero que o público sinta a coragem e a solidariedade existentes nas ações dos bombeiros militares”, explica Luiza Aguirre.

A Casa Thomas Jefferson é responsável pela curadoria da mostra. Na abertura, a entidade sem fins lucrativos foi representada por Elinor Moren, integrante do conselho diretor da instituição.  “Agradecemos a sensibilidade que a secretária Vanessa Mendonça teve ao abrir as portas da Casa de Chá e, com isso, proporcionar ao público uma coleção de momentos que resumem muito bem incontáveis exemplos de superação e de bravura”.

Visitações

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Casa de Chá fica aberto todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 9h às 18h. Todos os protocolos de segurança de prevenção à Covid-19, definidos em decreto pelo Governo do Distrito Federal, são adotados nas visitações. Entre eles, o uso obrigatório de máscara facial e de álcool em gel, bem como o distanciamento com acesso limitado.

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo