_Destaque

BRAZTOA faz balanço das principais ações do ano

O ano que foi desafiador para todos trouxe uma dose extra de coragem para inovar. Aliás, inovação, disrupção, responsabilidade, resiliência e gestão são palavras que sempre marcaram a existência da BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) e sua atuação no Turismo, mas que, em 2020, ganharam ainda mais força, abrindo espaço para rumos ousados em 2021.

No início de março, o Encontro Comercial Braztoa Rio de Janeiro 2020, levou muito conteúdo, oportunidades e capacitações para os agentes de viagens que marcaram presença no Centro de Convenções SulAmérica. O primeiro – e até algumas semanas atrás – único evento presencial do Turismo nacional no ano, foi marcado pela geração de negócios e alto índice de aprovação entre os presentes.

Com a chegada da pandemia, o cenário mudou e a real disrupção começou a acontecer rapidamente, e exigiram a implementação imediata de um plano de gestão de crise, que se desdobraram em ações práticas, como o apoio na repatriação – para trazer de volta os brasileiros que estavam em viagem – e em inúmeras outras frentes.

A entidade ainda conseguiu contribuir com o processo de atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do Ministério da Educação, mas as demandas do momento fizeram com que ela direcionasse seu foco para o entendimento da situação e em pouco tempo, posicionou-se como geradora de dados de mercado. Produziu, em parceria com o Laboratório de Estudos em Sustentabilidade e Turismo da Universidade de Brasília (LETS/UnB), dezenas de pesquisas voltadas ao comportamento dos turistas e ao mercado de turismo. Também com a UNB e a Amplia Mundo, surgiu uma série de webinars “Turismo Pós-Pandemia: Oportunidades para Reinventar”, projeto que levou inspiração e aprendizado para todos que, de uma hora para outra, se viram em um mundo de incertezas em relação aos seus negócios.

Ainda com esse propósito, muitos destinos se revezaram na plataforma e nos canais da Braztoa, em dezenas de transmissões virtuais e treinamentos online, levando as principais informações para que todos os profissionais do agenciamento se mantivessem atualizados e prontos para o momento de retomada.

Dois projetos que nasceram em meio à crise:  o Grupo G20+ e o Movimento Supera Turismo, resumem bem o ano da associação. Em um mundo cada vez mais colaborativo, a união das entidades do setor fez toda a diferença na busca e implementação de ações para a contenção da crise em diferentes frentes. Essas coalizões complementaram o trabalho da entidade em prol do Turismo e dos seus associados, com o apoio na gestão de suas empresas junto a colaboradores, consumidores, protocolos de segurança, entre outras iniciativas.

Foram inúmeras atividades desses grupos, desde a interlocução governamental para aprovação de medidas emergenciais até a conexão direta com o setor e o consumidor final, levando dados e orientações. A questão do Imposto de Renda Sobre Remessas ao Exterior e a aprovação do novo texto da Lei Geral do Turismo ainda estão sendo trabalhadas, mas três ações cujos resultados já foram conquistados merecem destaque: A Medida Provisória 936/20, convertida na Lei nº 14.020/2020 que viabilizou a jornada de trabalho reduzida ou suspensão do contrato de trabalho assegurando garantia provisória de emprego para os colaboradores. A MP 948/20, convertida na Lei 14.046/20, que tratou sobre o cancelamento e reembolsos de serviços turísticos. Uma decisão inédita e ousada, que trouxe fôlego e salvaguardou a existência de inúmeras empresas de viagens e eventos, intermediárias que estavam se vendo obrigadas a devolver integralmente valores investidos em viagens e serviços que já haviam sido repassados a fornecedores no Brasil e no mundo. E, por fim, a publicação da Medida Provisória 963/2020, convertida na Lei 14.051/2020, que disponibilizou crédito extraordinário para o setor via recursos do Fundo Geral de Turismo/FUNGETUR.

Sobre gestão, seguindo as atuais tendências e necessidades do momento, a BRAZTOA, que promoveu uma reestruturação ampla e necessária, passou a adotar o sistema home office e mudou seu endereço comercial para um coworking em São Paulo, que será utilizado esporadicamente, em demandas específicas.

O ano também foi marcado por adiamentos de várias atividades como Experiência Braztoa, a Convenção 2020 e o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2020, eventos de extrema importância e relevância para a entidade e que, em 2021, chegarão transformados.

“Existe uma frase do Dalai Lama que acho muito importante: “O período de maior ganho em conhecimento e experiência é o período mais difícil da vida de alguém”. Esse foi um ano de novidades. Tivemos que tomar atitudes inéditas e necessárias, aprendemos a trabalhar lado a lado com o governo, a negociar com os Poderes Executivo e Legislativo. Aprendemos que a união e a coalizão ampliam a voz dos nossos pleitos, foi assim que nasceu o Grupo G20+. Descobrimos que mais do que pedir, o trabalho conjunto, mostrando, dando ideias, debatendo e indicando os melhores caminhos surte resultados mais efetivos. Evoluímos como entidade e tenho a certeza de que essa evolução também foi pessoal”, disse Roberto Haro Nedelciu, presidente da BRAZTOA.

O que vem por aí

2020 mostrou que manter-se antenado e capacitado diante das inovações e das rápidas transformações que a sociedade atravessa são quesitos fundamentais, não apenas para o sucesso profissional, mas também para obter ferramentas que garantam uma existência sustentável e longeva para empresas do turismo e de qualquer outro setor.

Depois de um ano tão intenso, muita coisa mudou, inclusive a BRAZTOA. As atividades da entidade vão se transformar e novos projetos e novidades serão compartilhados no início de 2021. “Diante de um período desafiador como esse que vivemos, precisamos olhar para o turismo e para a entidade com novas perspectivas. Um exercício de autoconhecimento necessário e que nos fez chegar aos resultados dos quais nos orgulhamos e que nos injetaram grande ânimo para o ano que está chegando. 2021 tem tudo para ser desafiadoramente promissor. Estamos certos de que poderemos contribuir e muito com as experiências e expertises dos associados BRAZTOA para apresentar as riquezas que estão espalhadas pelos quatro cantos do Brasil e para posicionar nosso país como um dos mais ricos e inspiradores destinos turísticos do mundo. As crises são duras, mas nos abrem sempre inúmeras oportunidades, que não veríamos sem a existência delas”, completou Roberto Haro Nedelciu.

 

Sobre a BRAZTOA

A BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) reúne operadoras de turismo, colaboradoras e empresas de representação de produtos e destinos, além de convidados, responsáveis por estimados 90% das viagens organizadas de lazer, comercializados pela cadeia produtiva no Brasil.

Em 2019, as operadoras associadas à Braztoa faturaram R$ 15,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros durante todo o ano. Essas mesmas empresas geraram um impacto econômico de R$ 14,9 bilhões para a economia nacional, neste mesmo período (quantia que contempla a soma do valor dos pacotes comercializados para destinos nacionais, com o gasto médio diário com extras do turista nos destinos).

Entidade de vanguarda e sem fins lucrativos, a BRAZTOA promove ações e parcerias que valorizam as atividades empresariais dos associados, apoiando o desenvolvimento do mercado turístico de forma sustentável.

A associação também tem realizado, desde o início da pandemia de 2020, levantamentos mensais sobre a comercialização e gestão de seus operadores de turismo, disponíveis no endereço www.braztoa.com.br.

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo