Cias Aéreas

Lufthansa passa a disponibilizar testes rápidos do coronavírus nos hubs de Frankfurt e Munique

  • Com os testes, passageiros não são mais obrigados a observar a quarentena ao chegarem na Alemanha, Áustria e outros países ao redor do mundo
  • Parceiros da Lufthansa – a Centogene e a MediCare – inauguraram instalações especiais para testes PCR nos aeroportos de Frankfurt e Munique
  • Resultados levam entre quatro e cinco horas para serem disponibilizados e podem ser compartilhados via aplicativo

 

 

A Lufthansa passa a disponibilizar a seus clientes nos hubs de Frankfurt e Munique a possibilidade de realizar o teste para o vírus COVID-19, desobrigando assim que passageiros que testem negativo para a doença cumpram as medidas de quarentena impostas pelas autoridades sanitárias locais.

A Centogene, laboratório parceiro da Lufthansa na ação no hub de Frankfurt, utiliza somente uma amostra de material coletado da garganta para realizar o teste PCR (reação em cadeia de polimerase) para o coronavírus. O hub de Munique também conta com uma instalação semelhante para a realização do mesmo tipo de testagem, resultado de uma parceria com o Aeroporto de Munique e o centro médico MediCare. O teste é certificado pelas principais autoridades sanitárias dos mercados onde a Lufthansa atua, incluindo Alemanha e Áustria. Informações adicionais sobre os custos para a realização do teste podem ser obtidas no site da Centogene .

Atualmente, alguns países da União Europeia, como a própria Alemanha, obrigam que passageiros provenientes de determinadas localidades cumpram uma quarentena de 14 dias ao chegarem no país. Como alternativa a essa medida, o viajante poderá fornecer o teste PCR negativo para o coronavírus. A ação da Lufthansa visa auxiliar o cliente a ter acesso a esse teste de maneira rápida, fácil e segura; ainda no aeroporto.

“Esses centros de teste oferecem aos nossos clientes a oportunidade de evitar a quarentena ao chegarem na Alemanha e na Áustria, mediante a apresentação às autoridades de um teste negativo para o coronavírus”, afirmou Dr. Björn Becker, Senior Director Product Management Ground & Digital Services do Lufthansa Group. “Os resultados geralmente ficam disponíveis dentro de quatro a cinco horas após a realização do teste e ficam vinculados ao bilhete aéreo do cliente. Além de evitar a quarentena, a ação também facilita a viagem segura para outros países do mundo que aceitem tais testes PCR certificados do coronavírus.”

Como fazer o teste?

Passageiros em Frankfurt podem agendar o teste com antecedência através do site www.centogene.com/corona ou se dirigir diretamente ao centro de testes no aeroporto. Para garantir um processo tranquilo, recomenda-se que o teste PCR do coronavírus seja realizado um dia antes da partida ou logo após a chegada ao aeroporto de Frankfurt. O resultado é obtido por meio de um link enviado pelo aplicativo do laboratório.

Em Munique, os passageiros também devem solicitar o agendamento dos testes com antecedência pelo e-mail: notfallambulanz@munich-airport.de e assim evitar espera no centro de testes. O resultado estará disponível em até quatro horas depois da realização do teste.

A Lufthansa recomenda que os clientes de voos internacionais se mantenham informados sobre os atuais regulamentos de entrada e quarentena de seus respectivos destinos. Informações sobre todas as medidas de higiene introduzidas pela Lufthansa para seus clientes estão disponíveis no site http://www.lufthansa.com/br/pt/medidas-de-protecao#before-the-trip

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo