_Destaque

LATAM Cargo amplia em 45% a sua operação para o dia de São Valentim com o transporte de 12.600 toneladas de flores

O saldo positivo reflete a estratégia adotada pela companhia em 2019 com um aumento permanente e estável da sua capacidade na Colômbia e no Equador

Rosas, buquês e cravos foram os protagonistas da temporada de 14 de janeiro a 10 de fevereiro

Colômbia e Equador são os principais produtores e suas flores foram transportadas para os Estados Unidos, Holanda e China, entre outros destinos

São Paulo, 13 de fevereiro de 2020 – Decolaram da Colômbia e do Equador o equivalente a 210 voos com Boeing 767-300 da LATAM Cargo para transportar flores para o mundo e dar vida à temporada 2020 de São Valentim. A data representa o dia dos namorados em vários países do mundo e é o período de pico das exportações internacionais de flores, assim como o dia das mães (transportes nos meses de abril e maio). Neste ano, a empresa transportou 12.600 toneladas de flores, um volume 45% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

Rosas vermelhas, cor-de-rosa, buquês mistos, cravos, pompons, lírios, gypsophilas e folhagens foram os protagonistas da temporada. São flores que a LATAM Cargo transportou da Colômbia (especificamente de Bogotá e Medellín) e de Quito (Equador) para a América do Norte, Europa, Oceania, América do Sul e Ásia, graças à conectividade da sua malha aérea, que une a América Latina a mais de 145 destinos no mundo.

“O mercado de flores da Colômbia e do Equador é muito relevante para o Grupo LATAM Cargo e trabalhamos para estabelecer relacionamentos de longo prazo com os nossos clientes, para os quais oferecemos toda a nossa experiência e capacidade para transportar flores do nosso continente para o mundo. Em 2019, decidimos ampliar a operação cargueira nesses mercados para oferecer mais frequências e capacidade. A temporada de São Valentim é um sinal de que nossos clientes perceberam o nosso compromisso e esforço para oferecer soluções permanentes e seguras para as suas encomendas”, afirma Felipe Caballero, gerente sênior de Revenue Management do Grupo LATAM Cargo na América do Sul.

Aumento de frequências e destinos

A temporada de São Valentim em 2020, de 14 de janeiro a 10 de fevereiro, refletiu a tendência de aumento das frequências operadas nos países produtores de flores. Na Colômbia, a empresa operou um total de 110 voos após adicionar 38 frequências extras no período. Já no Equador, operou um total de 100 voos após adicionar 58 frequências extras.

No geral, a operação na Colômbia foi 2,2 vezes maior no período, com 6.600 toneladas de flores transportadas, e foi 3,5 vezes maior no Equador, com 6.000 toneladas.

O principal país consumidor de flores na temporada foram os Estados Unidos, que recebeu 90% do volume transportado pela empresa (11.300 toneladas). O país teve um crescimento de 65% da demanda em comparação com a operação regular fora da temporada, e um aumento de 45% em comparação com o período de São Valentim em 2019. Miami, em particular, foi especialmente relevante nessa operação, pois é um dos mais importantes hubs para distribuição de carga no mundo.

A Holanda veio na sequência, com 850 toneladas (7%), seguida em menor proporção por Hong Kong, Xangai e Pequim (China), Madri (Espanha) e Sydney (Austrália). As flores também foram transportadas para Nova York (EUA), Santiago (Chile) e Nova Zelândia, entre outros destinos.

“O Grupo LATAM executou com sucesso uma operação altamente complexa para manter a qualidade e atender o prazo de validade das flores. Esse resultado positivo ocorre ao mesmo tempo em que apresentamos ao mercado nosso novo cuidado com perecíveis, o FRESH, com o qual buscamos proteger o frescor e o prazo de validade dos produtos perecíveis. FRESH é nossa proposta estável e escalável para enfrentar esse desafio e conta com padrões globais para o gerenciamento da cadeia de produtos perecíveis em toda a nossa rede LATAM”, afirma Cristina Oñate, gerente sênior de Marketing e Produtos do Grupo LATAM Cargo.

Colômbia e Equador: principais produtores de flores da América Latina

A savana de Bogotá, na Colômbia, é o principal polo de produção de flores, responsável por 66% do fornecimento desse produto perecível, seguida pelo leste de Antioquia (32%). Na savana, o município de Madri se destaca com o maior número de hectares plantados, mas também vale mencionar El Rosal, Facatativá, Tocancipá, Funza, Bogotá, Chía, Tenjo e Nemocón como áreas de alta produção.

La Ceja, Rionegro, Guarne, La Unión, El Carmen de Viboral e a cidade de Santa Elena são as áreas que se destacam no leste de Antioquia, com especial importância para La Ceja.

No Equador, as principais áreas de cultivo são Cayambe e El Quinche, que respondem por quase 60% da produção de rosas; e Latacunga, com cerca de 1.000 hectares plantados. Em menor escala, a província de Azuay também contribui para a produção de flores.

Sobre o FRESH

FRESH é um novo serviço do portfólio da LATAM Cargo, especializado no cuidado com o transporte de cargas perecíveis. O conhecimento das propriedades das commodities latino-americanas permite que a LATAM Cargo ofereça um serviço que proteja sua qualidade desde a origem até o destino final. Com o FRESH, a companhia preserva o frescor dos produtos e cuida da sua vida útil. Trata-se de uma solução estável e escalável para o transporte de mercadorias perecíveis ao longo de todo o ano.

Sobre o Grupo LATAM Cargo

O Grupo LATAM Cargo é a unidade de negócio de cargas do Grupo LATAM Airlines. O Grupo transporta carga no porão de 327 aeronaves de passageiros, bem como em seus 11 cargueiros. O Grupo oferece uma infraestrutura moderna, uma ampla gama de serviços, opções de atendimento para as diferentes necessidades de seus clientes, além de uma rede robusta que oferece serviços para mais de 145 destinos em 25 países, incluindo seis mercados domésticos na América Latina – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru – além de operações internacionais na América Latina, Europa, Estados Unidos, Caribe, Oceania, África e Ásia.

O Grupo possui uma das maiores e mais modernas instalações de armazenagem e refrigeração do Aeroporto Internacional de Miami, que está entre os cinco principais aeroportos de transporte aéreo de carga do mundo. Em 2018, o grupo transportou 921 mil toneladas.

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo