LOCADORA DE VÉICULOS

Movida entra para a Carteira de Sustentabilidade Empresarial da B3

A Movida é a primeira empresa do setor de locação de carros a fazer parte da carteira ISE202 da B3. O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) considera a performance das empresas de capital aberto sob o aspecto da sustentabilidade, o que inclui governança, resultados econômicos e equilíbrio ambiental e social. A carteira reúne companhias de 15 setores, representando 38% do total do valor das companhias com ações negociadas na B3.

“Esse reconhecimento, que nos enche de orgulho, é resultado do compromisso que assumimos de gerar valor para nossos clientes, colaboradores, acionistas e sociedade em geral. Nossa presença neste índice, apenas dois anos após a abertura de capital, nos estimula ainda mais a continuar transformando o mercado de mobilidade no Brasil”, comenta Renato Franklin, CEO da Movida.

Neste ano, a Movida mudou seu estatuto definindo que, além dos interesses de curto e longo prazo da companhia e de seus acionistas, as atividades da Movida devem considerar os efeitos econômicos, sociais, ambientais e jurídicos das suas operações. A empresa também criou uma célula dedicada a Sustentabilidade para aumentar o foco na melhoria do desempenho dos ESG (na sigla em inglês, Environmental, Social and Governance).

Para 2020, além da admissão no Sistema B, uma certificação internacional que prevê como modelo de negócios o desenvolvimento social e ambiental, a locadora prevê expandir o rollout da lavagem a seco para praticamente todas as suas lojas. A Movida também trabalha com o projeto Carbon Free, que neutraliza as emissões de carbono das locações, e após dez anos de existência, já conta com árvores plantadas numa área equivalente a 42 campos de futebol iguais ao Maracanã.

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo