AEROPORTOS

Pista do Aeroporto de Belém passará por obras

Belém-divulgação-Infraero-170102

A Infraero deu início às obras para revitalização da pista de pousos e decolagens do Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA). Os serviços incluem o reforço da estrutura do pavimento e recapeamento dos 2.800m x 45m da pista 06/24, além da recuperação do sistema de balizamento luminoso e da sinalização horizontal.     

Com investimentos de R$ 51,5 milhões, os trabalhos serão realizados de terça a domingo, entre 0h e 11h, conforme o planejamento junto aos órgãos e empresas aéreas envolvidos na ação. A conclusão da reforma está prevista para julho de 2021.     

Durante a realização das melhorias, as operações de pouso e decolagem ocorrerão normalmente por intermédio da pista 02/20, uma vez que ela possui todas as condições técnicas para atendimento dessa demanda (1.830m x 45m), atendendo as aeronaves que chegam e partem de Belém, de acordo com as tratativas realizadas com todos os entes integrantes do Sistema de Aviação Civil, incluindo o órgão Regulador.    

“A obra foi planejada de forma a minimizar o impacto nas operações. No primeiro momento, foram feitas medições, levantamento topográfico e manutenção preventiva, para orientar os trabalhos de revitalização que estão sendo executados na pista 06/24”, destacou o superintendente do aeroporto, Fábio Rodrigues. “Nosso objetivo é garantir a manutenção da segurança operacional nos procedimentos de pousos e decolagens do terminal belenense, de acordo com os padrões normativos vigentes”, afirmou.  

 

Melhorias    

Para promover a evolução contínua dos serviços prestados aos passageiros, a Infraero realiza constantemente uma série de melhorias em seus aeroportos. Entre as ações adotadas nos últimos meses no Aeroporto Internacional de Belém, destacam-se a inauguração de oito lojas; 20 voos semanais; novo canal de inspeção doméstico; revitalização do sistema de climatização; Wi-Fi gratuito por até uma hora; conclusão e entrega da obra na pista auxiliar; e as novas estratégias de serviço com a criação do Selo Infraero de Compromisso no segmento de alimentação, e a redução do valor cobrado na primeira hora do estacionamento do aeroporto. Estão ainda em execução as obras de ampliação do embarque internacional, investimento da ordem de R$276 mil, e ampliação do embarque remoto, R$591 mil, iniciados em agosto.         

 

Movimento operacional     

Com capacidade para receber até 7,7 milhões de passageiros por ano, o aeroporto Internacional de Belém movimentou, no primeiro semestre deste ano, quase 1,7 milhão de viajantes – aumento de 3,7% no fluxo em relação ao mesmo período de 2018, que registrou 1,63 milhão.     

Operam diariamente, em Val-de-Cans, uma média de 100 voos comerciais regulares de seis companhias aéreas – Azul, Gol, Latam, MAP, Surinam e TAP. As rotas interligam Belém a diversos destinos brasileiros – Guarulhos e Campinas (SP); Recife (PE); Brasília (DF); Macapá (AP); Altamira, Marabá e Santarém (PA); Rio de Janeiro (RJ); Confins (MG); Manaus (AM); Fortaleza (CE); São Luís (MA); Cuiabá (MT). Já os voos internacionais ligam a capital paraense à Europa, aos Estados Unidos, ao Suriname e à Guiana Francesa. 

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo Escritório de Negócios QNN 7 Conjunto "L" - Lote 47 - Loja 01- CEP: 72225-080 Telefone: (61) - 3202-8600 - Celulares: (61) 98117-4456 E-mail: contato@voenews.com.br

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo