EVENTOS

O que é o verdadeiro luxo? Especialista destaca tendências do Turismo de Luxo no Brasil e no exterior

voenews

O ano de 2016 foi de afirmações para o segmento do Turismo de Luxo no Brasil. A notícia de que a demanda por hospedagem de luxo no Brasil cresceu 25% no ano, além do levantamento que aponta que a América Latina é uma das regiões com maior porcentagem de pessoas consideradas ultra-ricas no mundo (indivíduos com mais de US$ 30 milhões em investimentos ou patrimônio), são animadoras.

Segundo relatório do Banco do Brasil, Colômbia e Peru ocupam o top 5 mundial na taxa de crescimento de riqueza, enquanto o Brasil soma 56.3% dos ultra high net-worth (UHNW) latino-americanos. De acordo com o relatório World Travel Market Latin America 2016, os brasileiros registraram um crescimento de 42% no aumento de gastos no exterior. O perfil de consumidor que desponta nesse cenário é dos millenials, um terço da população latino-americana, o que torna o continente um dos melhores mercados para o turismo de luxo.

Em Gramado um dos empreendimentos de maior sucesso é o Saint Andrews, o primeiro e único exclusive house do Brasil, associado ao Relais & Chateaux. Referência no segmento, o empreendimento hoteleiro é comandado pelo italiano Umberto Beltramea, gerente geral. O Saint Andrews é expositor do Espaço Luxury do FESTURIS Gramado –  Feira Internacional de Turismo.

Natural de Novara, na Itália, Beltramea é diplomados pela Escola italiana de Hotelaria G.Pastore e tem grande experiência em hotelaria de luxo, com atuação em vários hotéis associados do The Leading Hotels of the World. Entre algumas de suas experiências atuou entre julho de 2011 e maio de 2012, como gerente de operações do Othon Palace Hotel Salvador (BA). Anteriormente, de 2008 a 2011, foi sub-gerente executivo no Tivoli Collection Ecoresort Praia do Forte, também na Bahia. Além disso, foi consultor, entre 2007 e 2008, do departamento de Alimentos & Bebidas do Ponta dos Ganchos Resort, em Florianópolis. Entre 2003 e 2004, foi gerente de A&B do Royal Palm Hotel Ilhas Mauricio. Beltramea atuou por nove anos no Hilton Internacional, experiência, segundo ele, essencial para seu desenvolvimento.

Umberto foi entrevistado pelo FESTURIS e falou de suas experiências e tendências do setor no Brasil e no mundo.

FESTURIS – Existe, na sua opinião, algum destino de luxo que ainda não tenha fama?

Umberto Beltramea – Temos alguns como Lençóis, na Bahia. Fora do Brasil são vários mas hoje estão em crescimento a Colômbia e alguns lugares no Equador e Peru.

FESTURIS – O que é o verdadeiro luxo em uma viagem?

Umberto Beltramea – O luxo em uma viagem é a junção de alguns fatores. O cliente que procura luxo de uma certa maneira está procurando conforto. A hospedagem deve ser confortável. Outro detalhe é que o luxo transmite emoções que o cliente leva para toda a vida. Então em uma viagem, o luxo é a experiência que um hotel e um destino transmitem.

FESTURIS – Na sua opinião, qual o hotel mais luxuoso no Brasil e do mundo?

Umberto Beltramea – Olha, no Brasil quando se fala de luxo, eu como europeu hoteleiro, atualmente não conheço outro hotel como o Saint Andrews. No mundo eu gosto muito do Península em Paris, pra mim hoje é o número um do mundo.

FESTURIS – O Saint Andrews serve como case de sucesso para a hotelaria de luxo no Brasil?

Umberto Beltramea – O Saint Andrews é divulgado como exclusive house (casa exclusiva), todavia possui todos os serviços de um grande hotel como chef, gerente geral, serviço de mordomo, concirerge, garçom e outros.  Então a proposta é hoteleira. Nós praticamos o verdadeiro atendimento personalizado desde a chegada até a saída. Elegância, privacidade e exclusividade para o cliente sem invadir o momento deste. Oferecemos a mistura de uma hotelaria de luxo com uma casa privada.

FESTURIS – Qual o principal destino emissor de clientes para o Saint Andrews?

Umberto Beltramea –  Hoje o mercado mais importante para o Saint Andrews é São Paulo e região, com cerca de 92% de nossas reservas.

FESTURIS – Na sua opinião Gramado está inserida na Rota do Luxo do país?

Umberto Beltramea –  Acredito que não. Estamos indo nesta direção mas precisamos diversificar a proposta hoteleira. Precisamos oferecer outros restaurantes que não sejam apenas fondue e galeteria. Quando nosso cliente, por exemplo, procura diversidade gastronômica não encontra. São exemplos desta diversidade São Paulo e Rio de Janeiro. Precisamos se colocar de uma maneira mais diversificada.

FESTURIS – Qual é o destino de luxo do momento?

Umberto Beltramea – Hoje acredito que no Brasil seja Trancoso e no mundo Saint-Tropez e a Costa Esmeralda na Sardenha.

FESTURIS – O que é importante para quem vai ingressar neste mercado hoje?

Umberto Beltramea – Principalmente conhecimento. Deve-se também ter muitas experiências com outros hotéis e saber que o sucesso é conectado não somente a uma pessoa mas a uma equipe.

FESTURIS – Existem comparação entre o mercado hoteleiro de luxo nacional com o mercado internacional?

Umberto Beltramea – Precisamos no Brasil atrair marcas e cias estrangeiras como Four Seasons, Xangri-Lá e outros. De maneira que o Brasil venha a ser um destino mais procurado e com mais clientes deste segmento. Precisamos sobretudo profissionalizar o trabalho de garçom e maître de cozinha. Outro fator é o idioma. Quem trabalha na hotelaria precisa falar um pouco do inglês e, em alguns pontos, conhecer o espanhol.

FESTURIS – Que hotéis foram marcantes e você voltaria de férias?

Umberto Beltramea –  Ponta dos Ganhos me marcou em SC, e internacionalmente o Royal Palm nas Ilhas Maurício.

FESTURIS – Como o FESTURIS, com o Espaço Luxury, pode fomentar este segmento no Sul do país?

Umberto Beltramea – No Sul precisamos começar a pensar que a natureza pode contribuir e ajudar os destinos paralelamente ao que nós já temos. Temos uma beleza natural que precisa ser mais utilizada e o FESTURIS pode potencializar este setor.

FESTURIS – O que é luxo para ti?

Umberto Beltramea – Pessoalmente tempo livre para mim é luxo. O luxo, em muitos casos, é algo que acompanha a pessoa a vida toda. O luxo pode ser um fator de bem estar como uma massagem, por exemplo, algo que a pessoa procura incondicionalmente do lugar em que está e o que lhe faz bem.

FESTURIS – 2017 é o Ano Internacional da Sustentabilidade para o Turismo, em uma ação da ONU, junto com a OMT. De que forma a Sustentabilidade se relaciona com o Mercado de Luxo?

Umberto Beltramea – Na minha opinião são pontos importantes fatores como o crescimento do comércio digital, produtividade e soluções limpas que não necessitam materialismo são fundamentais. Usar e procurar produtos orgânicos e, também, trabalhar a formação dos funcionários para que possam utilizar os produtos sem desperdício e com criatividade. São muitas as iniciativas para chegar a Sustentabilidade em longo prazo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo - Escritório de Negócios SCLN 201 - Bloco "C" - sala 112 Brasília - DF - CEP: 70.832-530 Telefone: (61) - 3201-8602 Celulares: (61) 98117-4456 - E-mail: contato@voenews.com.br

EVENTOS DO TURISMO

NOTÍCIAS DA HOTELARIA

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo