Hotéis

Ramada Encore Minascasa aposta em compra de energia no Mercado Livre

voenews

Ação visa reduzir custos com a conta de luz

Ar condicionado, luz, elevador, televisão, geladeira ou frigobar, chuveiro e a utilização de outros equipamentos elétricos, são alguns dos grandes vilões em relação ao consumo de energia elétrica em um hotel. Em muitos empreendimentos, por exemplo, esse custo vem em primeiro lugar no item despesas. De olho na sustentabilidade, um dos valores da rede Vert Hotéis, o hotel Ramada Encore Minascasa em parceria com o Shopping Minascasa adotou a compra de energia elétrica no mercado livre. O objetivo é reduzir os custos com a conta de luz, meta que já foi alcançada no primeiro mês após a mudança adotada em março deste ano.

“O Ramada Minascasa já era adepto a utilização de placas solares para o aquecimento de água, mas mesmo assim era preciso pensar em novas medidas que nos trouxessem mais economia, pois o gasto com a energia elétrica é um dos principais insumos do hotel. A direção do Shopping Minascasa nos apresentou a proposta de mudança da compra de energia do método tradicional para o mercado livre com a garantia de redução dos custos imediatos. Achamos a proposta inovadora, resolvemos acreditar e os resultados vieram. Na primeira conta já houve uma redução de aproximadamente 18% em relação ao valor pago anteriormente. O valor da conta passou de R$125 mil para R$103 mil. Deste total em média de 35%, ou seja, algo em torno de R$36.500,00 é referente ao consumo do hotel”, explica a gerente geral do Ramada Encore Minascasa, CamilaGischewski.

Renato Sampaio da Rocha, gerente de operações e manutenção do Shopping Minascasa, explica que foram investidos cerca de R$25 mil para a mudança. “Além do investimento inicial na subestação de energia, temos um acordo de repassar nos seis primeiros meses de contrato cerca de 30% do valor economizado para a empresa que nos conseguiu esta energia. Mesmo assim, a compra de energia no mercado comum se mostra muito mais econômica do que o praticado anteriormente e com a chegada do inverno a tendência é de que essa economia seja ainda maior, com a diminuição do uso do ar condicionado”, destaca.

Entenda

Consumidores que têm demanda contratada de no mínimo 3.000 kW e conexão à rede elétrica feita após 7 de julho de 1995, estão aptos a participar da contratação livre de energia. Entre as vantagens da contratação de energia no mercado livre está a liberdade de negociação de preços e condições contratuais frente às tarifas fixadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo - Escritório de Negócios SCLN 201 - Bloco "C" - sala 112 Brasília - DF - CEP: 70.832-530 Telefone: (61) - 3201-8602 Celulares: (61) 98117-4456 - E-mail: contato@voenews.com.br

EVENTOS DO TURISMO

NOTÍCIAS DA HOTELARIA

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo