BRASÍLIA 56 ANOS

Márcio Miranda da Confiança elogia planejamento de Brasília

Brasília (113)

Márcio Miranda é brasiliense e seus pais são Goianos, o profissional acredita que ainda precisará de um tempo para que o brasiliense tenha suas características próprias definidas, comida típica como acontece em outros estados por exemplo, mas diz que já é possível identificar as pessoas nascidas na capital pelo sotaque e pelas gírias utilizadas aqui.

Brasília (113)

Márcio escolheu como seu cartão postal a Ermida Dom Bosco, e informa que conheceu o local pelo fato de ter tido a oportunidade de morar nas proximidades, o que permitia que quando mais jovem frequentasse o local nos seus passeios de bike.

Por ser uma reserva ecológica e ter dentro da sua área o Mosteiro de São Bento ele informa tratar-se de um local muito tranquilo, ás margens do Lago Paranoá e com acesso ao mesmo, informa também que o local ainda não é muito conhecido por seu acesso não ser tão fácil para quem mora mais distante e salienta que trata-se de um lugar frequentado principalmente por praticante de esportes á céu aberto, como skates e bicicletas, além pessoas que praticam triatlon e outros esportes e utilizam o lago para fazerem seus treinamentos.

Brasília (116)

O local também é muito utilizado para fotografias, como prévias de noivas, principalmente por tratar-se de um cenário maravilhoso, onde se encontra a Ermida, o Mosteiro São Bento e o Lago Paranoá.

Márcio é apaixonado pela cidade, e mesmo julgando que a mesma tenha estacionamentos limitados, acredita que o fato de existir uma concentração de agências de viagens no centro da cidade possibilita que muitas vezes opte por trabalhar a pé mesmo.

Morar em Brasília ele diz que é um privilégio, e o fato da cidade ter sido planejada com prédios baixos agrada bastante pois permite que o horizonte esteja sempre visível, o que não acontece nas cidades com grandes edificações.

Brasília (120)

Além da Ermida Dom Bosco, o profissional gosta de outros espaços igualmente abertos e com muita área verde, como o Parque da Cidade e o Parque Olhos D´água que fica na asa norte e no seu ponto de vista a cidade ainda é muito pouco explorada pelo brasiliense que poderiam conhecer mais as belezas da cidade, mas o profissional salienta que ele reconhece que também tem este defeito e que não conhece a região do entorno de Brasília, mesmo sabendo que existem coisas bacanas para serem visitadas.

Para ele isto acaba influenciando os turistas de fora, que acabam acreditando que Brasília se limita a uma cidade política o que não é verdade e a mesma merece ser mais visitada.

Brasília (122)

Falando em fatores políticos, Márcio por ter feito graduação e pós-graduação fora de Brasília e ter convivido com pessoas que não moram na nossa cidade tem a percepção de que Brasília sofre preconceito por questões políticas, mesmo que a capital federal eleja apenas 8 Deputados Federais e 03 Senadores da República acaba carregando o peso dos mal feitos de todos os parlamentares, principalmente neste momento em que passamos na política.

Mesmo tendo morado em outros lugares e conhecido o Brasil e o mundo , Márcio diz que Brasília é a cidade escolhida por ele como definitiva, onde pretende morar e constituir família, principalmente pela qualidade de vida oferecida se comparada com outras cidades.

Brasília (125)

Sobre o aniversário de Brasília o mesmo deseja que a cidade possa separar a cidade turística da cidade política como muitas vezes é rotulada, e acredita que está num caminho correto, crescendo muito, com um aeroporto que é o segundo maior do país e que tem muito o crescer como destino turísticos, mas precisamos ser mais receptivos com aqueles que nos visitam.

2.966 Comentário