AEROPORTOS

GOL acelera renovação de frota e desalavancagem de balanço com transações com seus NG

imagem1_1

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes (“GLAI”), (B3: GOLL4 e NYSE: GOL) a maior companhia aérea do Brasil, anuncia hoje a aceleração adicional da renovação e modernização de frota e a realização de contratos de venda e arrendamento (sale and leaseback), com a Castlelake e Apollo Aviation, de 13 aeronaves Boeing 737 NGs na frota de GOL que serão trocados por aeronaves Boeing 737 MAX-8 nos próximos anos.

Devido a condições favoráveis do mercado para transações de seus Boeing 737 NGs, a GOL acelerou seu plano de renovação e modernização da frota por meio de operações de sale and leaseback de 13 Boeing 737-800 NGs que serão removidos da frota de forma programada durante 2019-2021. “A GOL manterá sua disciplina de capacidade e esta transacão reforça a flexibilidade do plano de frota da Companhia”, disse Celso Ferrer, Diretor Vice-presidente de planejamento. A aceleração desta renovação não irá alterar a capacidade planejada da Companhia, uma vez que essas aeronaves serão retornadas simultaneamente com a chegada das aeronaves 737 MAX-8 de seu pedido com a Boeing e recentes arrendamentos operacionais diretos de 11 aeronaves 737 MAX-8. A devolução acelerada de NGs permitirá a GOL terminar 2019 e 2020 com 24 e 34 aeronaves MAX 8 na sua frota, respectivamente.

upgauging da frota da GOL e o aumento da utilização impulsionam a eficiência operacional e sua alavancagem operacional. O 737 MAX será a espinha dorsal da frota da GOL, aumentando o número de assentos médios por aeronave e mantendo o custo por assento em níveis muito baixos. Até 2023, mais de 40% da frota será composta por 737 MAX e nos próximos cinco anos a transição para este novo equipamento deverá aumentar a produtividade em 24% e reduzir o consumo de combustível. Em comparação com a aeronave 737-800 NG da GOL, o 737 MAX-8 diminuiu o consumo de combustível nas rotas da GOL em aproximadamente 15%. “Além de menor consumo de combustível, o aumento do alcance do 737 MAX-8 permite à GOL diversificar ainda mais sua malha aérea e operar voos internacionais para os Estados Unidos e Mexico“, adicionou Celso.

“As monetizações das nossas aeronaves 737-800 NGs permitem a GOL acelerar a redução da alavancagem em seu balanço”, disse Richard Lark, Diretor Vice-presidente financeiro. A venda destas 13 aeronaves reduzirá a dívida liquida da Companhia em aproximadamente R$1,1 bilhão, composto de uma redução de R$510 milhões em divida de arrendamento financeiro e um aumento de R$580 milhões em liquidez caixa. Os ratings de crédito de “single B” da GOL foram reafirmados recentemente pelas agências de classificação de risco S&P, Moody’s e Fitch.

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo - Escritório de Negócios SCLN 201 - Bloco "C" - sala 112 Brasília - DF - CEP: 70.832-530 Telefone: (61) - 3201-8602 Celulares: (61) 98117-4456 - E-mail: contato@voenews.com.br

EVENTOS DO TURISMO

NOTÍCIAS DA HOTELARIA

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo