Cias Aéreas

Especial 100 anos da KLM: viagens sustentáveis e voar, como reconciliar os dois?

unnamed

O desafio na KLM é buscar alternativas, usando biocombustíveis, reciclando e convidando clientes a compensarem sua pegada de carbono e repensarem o modo como viajam 

A KLM entra na contagem regressiva de 60 dias para celebrar 100 anos de existência. Você provavelmente conhece alguém que já voou com a companhia para aquelas férias tão aguardadas, para uma reunião muito importante ou até mesmo para mudar de ares. Viajar traz lembranças que ficam para sempre, e isso molda pessoas e empresas a pensarem no novo, com mais energia. A KLM se orgulha de fazer isso há um século, e pensa em celebrar o futuro de uma forma mais sustentável.

Voar ou não voar? 
Esse é um dilema muito discutido. É quase unânime querer experimentar as diversidades da natureza e da cultura em todo o mundo, além de visitar amigos, familiares, construir e manter relações profissionais. Mas, ao mesmo tempo, queremos limitar o impacto que temos no planeta. Voar — que é definitivamente a maneira mais rápida e mais confortável de viajar — também tem uma desvantagem. É preciso muito combustível fóssil para voar de A para B e as emissões de carbono são substanciais.

O desafio na KLM é como fazer isso de forma mais sustentável, agora e no futuro. Estamos procurando alternativas aos combustíveis fósseis, mas também existem outros meios de transporte que têm menos impacto no meio ambiente.

O futuro é sustentável 

A KLM trabalha há anos para reduzir o impacto ambiental usando biocombustíveis produzidos de maneira sustentável, sempre que possível, reciclando, oferecendo a nossos funcionários a oportunidade de se desenvolver e apoiar essas metas. Servimos comida a partir de ingredientes produzidos de forma responsável e compramos aeronaves novas e energeticamente eficientes. Tudo isso para melhorar e avaliar continuamente o nosso progresso.

Precisamos, no entanto, acelerar os processos para combater a mudança climática e a perda de biodiversidade. O mundo inteiro precisa se mover muito mais rápido para que as viagens, os alimentos e a energia sejam acessíveis às gerações futuras. É por isso que a KLM está pedindo a todos que trabalhem juntos em um futuro sustentável. A KLM não tem todas as respostas, mas com colaboração todos podem construir um impacto positivo na sustentabilidade.

Passos pequenos, impactos enormes 

A KLM tem como diretriz aproveitar as lições dos últimos anos e compartilhá-las com outras companhias aéreas interessadas. Seminários online e painéis de discussão serão organizados, para explorar todas as formas disponíveis de progredir e não competir pela sustentabilidade.
Os nossos clientes também serão convidados a pensar em viagens — a compensação de CO2 é uma maneira de reduzir a pegada de carbono. Mas também questionamos se não é menos impactante pegar um meio alternativo de transporte para distâncias curtas, como o trem? Ou até mesmo fazer uma chamada de vídeo em vez de ir fisicamente a uma reunião?

A KLM, sem dúvida, quer continuar transportando passageiros por pelo menos mais um século, assim como os viajantes querem descobrir lugares incríveis pelo mundo.

Voar com Responsabilidade
O programa “Voar com Responsabilidade” é o compromisso da KLM em assumir um papel de liderança na criação de um futuro mais sustentável para a aviação. Queremos conscientizar o mundo sobre nossa responsabilidade compartilhada. Porque só podemos ser bem-sucedidos se trabalharmos em conjunto, por isso convidados todos os setores e clientes a se juntarem a nós hoje para um amanhã mais sustentável.



Sobre a KLM 
Há 100 anos, a KLM é pioneira no setor de transporte aéreo e é a companhia aérea mais antiga que ainda opera sob seu nome original. A KLM pretende ser a companhia aérea com mais foco no cliente, inovadora e eficiente, oferecendo um serviço confiável e produtos de alta qualidade na Europa.
A KLM transportou um recorde de 34,1 milhões de passageiros em 2018, oferecendo aos seus passageiros voos diretos para 162 destinos com uma frota moderna de 214 aeronaves. A companhia aérea emprega uma força de trabalho de mais de 33.000 pessoas em todo o mundo. O Grupo KLM como um todo transportou mais de 43 milhões de passageiros em 2017. Além da KLM, o Grupo KLM inclui a KLM Cityhopper, Transavia e Martinair. A malha aérea da KLM conecta a Holanda com todas as principais regiões econômicas do mundo e é um poderoso motor impulsionando a economia da Holanda.

Grupo Air France-KLM 
Desde a fusão em 2004, a KLM faz parte do Grupo Air France-KLM. Essa fusão deu origem a um dos principais grupos de companhias aéreas da Europa, com duas marcas fortes operando em dois grandes centros: o Aeroporto Schiphol de Amsterdã e o Charles de Gaulle de Paris. O grupo concentra-se em três atividades principais: transporte de passageiros e carga e manutenção de aeronaves. Juntas, as duas companhias aéreas transportam mais 100 milhões de passageiros por ano.
A KLM também é membro da SkyTeam Alliance global, que possui 19 companhias aéreas associadas e uma malha aérea conjunta de 1063 destinos em 173 países.
Para mais informações sobre a KLM, acesse KLM.com, KLM Newsroom, Facebook, Twitter e o Blog.

KLM no Brasil 
A KLM opera atualmente 18 frequências semanais entre a Holanda e o Brasil — são 4 voos para Fortaleza, 7 frequências para o Rio de Janeiro e outras 7 para São Paulo.
Juntamente com a parceria global Air France e a GOL Linhas Aéreas Inteligentes, parceira desde 2014 no Brasil, as companhias já operaram mais de 1 milhão de passageiros e cobrem 99% da demanda entre o Brasil e a Europa.

 

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo - Escritório de Negócios SCLN 201 - Bloco "C" - sala 112 Brasília - DF - CEP: 70.832-530 Telefone: (61) - 3201-8602 Celulares: (61) 98117-4456 - E-mail: contato@voenews.com.br

EVENTOS DO TURISMO

NOTÍCIAS DA HOTELARIA

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo