Cias Aéreas

Air Canada lança o seu próprio programa de fidelidade em 2020

voenews

Companhia aérea terminará o contrato de exclusividade com o Aeroplan, da Aimia

  • Membros do Aeroplan podem continuar acumulando e resgatando milhas no Aeroplan
  • A Air Canada está comprometida com o Aeroplan, como de costume, até 2020, e fará uma transição suave para o novo programa
  • A Air Canada pretende continuar oferecendo o resgate de assentos da Aimia após 2020
  • Reforçar os serviços e a relação com os clientes da Air Canada é o cerne da decisão

São Paulo, 11 de maio de 2017 – A Air Canada anunciou hoje a decisão de lançar seu próprio programa de milhagens em 2020, logo após expirar o seu acordo comercial com a Aimia, a operadora do Aeroplan. Em 30 de junho de 2020 o Aeroplan não será mais o programa de fidelidade da Air Canada. O Aeroplan tem sido o programa da empresa por quase uma década, independentemente de propriedade e operado pela Aimia. Ao operar o seu próprio programa de fidelidade, a Air Canada poderá fortalecer suas relações com os clientes e entregar uma experiência mais consistente para eles.

“Nosso relacionamento com mais de 45 milhões de clientes fica no centro da transformação em curso, enquanto continuamos a expandir nossos negócios para além dos 200 destinos que atendemos, trabalhando para nos tornarmos campeões mundiais,” disse Calin Rovinescu, Presidente e CEO da Air Canada. “Esta decisão é correta para os nossos passageiros, nossos funcionários e nossos acionistas.

Criando um programa de fidelidade com mais recompensas para os nossos clientes

“O novo programa, que será lançado em 2020, oferecerá ganhos adicionais e oportunidades de resgates, com serviços mais personalizados e uma experiência digital melhor para os clientes da Air Canada,” disse Benjamin Smith, Presidente do segmento de passageiros da Air Canada.

Durante a última década, a Air Canada investiu CAD$10 bilhões para renovar a sua frota, agora com aeronaves mais modernas e tecnologicamente capazes, e para elevar a oferta de produtos, incluindo todos os novos assentos, conexão wi-fi, expandindo e renovando os Lounges Maple Leaf, melhorando as capacidades digitais e atualizando a marca, com a pintura das aeronaves com a nova imagem, com novos uniformes e mais investimentos que melhoram a experiência de viagem dos clientes.

“Semelhante a todos os colegas norte-americanos da Air Canada, que gerenciam seus próprios programas de milhagens, vamos ser capazes de cuidar melhor de nossos clientes, tomando decisões em tempo real que vão atender necessidades específicas,” disse Benjamin Smith. Estamos animados para dar esse próximo passo, que cumpre a nossa promessa de investir continuamente na experiência dos clientes.

Os próximos três anos

O contrato exclusivo da Air Canada com a Aimia permanece em vigor até o dia 29 de junho de 2020, quando expira o acordo. Até a data, a Air Canada estará comprometida com o acordo, como de costume, trabalhando em estreita colaboração com a Aimia e com o objetivo de fornecer um serviço consistente para os membros do Aeroplan.

Durante este período os membros do Aeroplan podem continuar acumulando e resgatando milhas no programa:

  • Antes do novo programa da Air Canada ser lançado, em junho de 2020, os membros poderão acumular e resgatar Milhas Aeroplan para o Rewards Aeroplan, incluindo os voos da Air Canada com os parceiros da Star Alliance e de acordo com o programa Aeroplan.
  • Depois de junho de 2020, as milhas acumuladas em voos da Air Canada e da Star Alliance serão creditadas no novo programa, com os clientes aptos a resgatar milhas para recompensas, incluindo os voos da Air Canada e de seus parceiros na Star Alliance.
  • As milhas Aeroplan creditadas até junho de 2020 vão permanecer em contas de membros do Aeroplan, e continuarão sujeitas às condições do programa.
  • A Air Canada pretende continuar a oferecer resgate de assentos da Aimia para os membros do Aeroplan depois de junho de 2020, com um preço competitivo em relação a outros programas de recompensa operados por terceiros.
  • A maioria dos passageiros frequentes da companhia aérea vai continuar com o status Altitude e poderá usufruir de sua gama de privilégios associados a viagens, com base nas atividades de seus voos anuais com a Air Canada e com os membros da Star Alliance. Toda a atividade e o status do programa com qualificação Million Mile serão honrados pelo novo programa.
  • A Air Canada pretende implementar melhorias de curto prazo para o Air Canada Altitude e para outros elementos da experiência de viagem do cliente.

“O nosso fio condutor será fazer a coisa certa para os passageiros da Air Canada durante toda a transição,” disse Rovinescu.

O novo programa é bom para a performance financeira da companhia aérea

O novo programa de fidelidade da Air Canada estará focado na melhoria das recompensas e no reconhecimento dos clientes da companhia aérea, e oferecerá oportunidades significativas de crescimento para a Air Canada e para os nossos parceiros de negócios.

A Air Canada irá fornecer mais detalhes no seu Investor Day, em 19 setembro de 2017, sobre os benefícios financeiros esperados, bem como sobre os custos da transição.

A Air Canada espera que o valor líquido atual do repatriamento do programa ao longo de um período de 15 anos ultrapasse os CAD$2 bilhões.

A informação completa sobre o anúncio e as informações adicionais para os nossos clientes podem ser encontradas no linkaircanada.com/loyalty.

Sobre a Air Canada

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Mais Lidas

VOENEWS - Notícias do Turismo - Escritório de Negócios SCLN 201 - Bloco "C" - sala 112 Brasília - DF - CEP: 70.832-530 Telefone: (61) - 3201-8602 Celulares: (61) 98117-4456 - E-mail: contato@voenews.com.br

EVENTOS DO TURISMO

NOTÍCIAS DA HOTELARIA

Copyright © 2011 - VOENEWS - Notícias do Turismo

para o Topo